Páginas

terça-feira, 8 de maio de 2012

Analisando um Histograma


Compreendendo o histograma 

Nos posts anteriores a este eu falei sobre a iluminação High Key e Low Key e coloquei um histograma como exemplo em cada foto usada para a demonstração das técnicas utilizadas. Mas, muita gente não entende para que serve e nem o que é de fato o tal gráfico denominado histograma.

Ele é usado para representar e avaliar a luminosidade real da cena a ser fotografada, funcionando como um fotômetro (por que não?).

Ele está em todas as câmeras digitais sendo possível ser visualizado tanto antes quanto depois da foto capturada. Além disso, em programas como o Photoshop e até mesmo outros programas de edição gratuitos possuem esse gráfico e você pode utilizá-lo inclusive para a edição e/ou manipulação de uma foto sem correr o risco de passar do ponto desejado.
Modelo: Alessandra Vilaça
Nesses programas é possível verificar não só a luminosidade da foto, mas também cada canal RGB (Red, Green, Blue). Porém, em minha opinião, não acho tão útil e necessário quanto a luminosidade somente.


Bom, espero ter ajudado um pouco a esclarecer algumas dúvidas a respeito de como analisar um histograma.


Beijinhos e uma ótima semana a todos. 

* Foto / Make / Produção: Paula Coutinho Fotografia

4 comentários:

  1. Orgulho de você!!! Além de ótima profissional, ainda divide com os outros o que sabe! É isso aí, esse é o caminho do sucesso!
    Beijossssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaaa!!! Mas essa é a nossa obrigação moral, né?? Pra que guardar só pra mim se posso dividir, né??? Sou uma curiosa e gosto de estar sempre aprendendo e com isso passando para os meus seguidores. :D
      Beijinhosss...

      Excluir
  2. Só hoje vi a publicação do HISTOGRAMA.... Mto bom paulinha, mas ainda continuo sem usá-lo, não sendo 100% confiável (dependendo da máquina) ainda assim prefiro seguir o fotômetro.... hehe... mto bacana heim, continue dividindo conosco agradecemos e MTO!!!! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Não devemos fotografar baseado no histograma, porém, em um caso onde o visor não esteja calibrado, ele pode dar aquela ajudinha no pós click. Já o fotômetro é o nosso guia na hora de fotografar, esse sim NUNCA devemos deixar de usar. Essa dica é mais pra quem tá iniciando e não sabe ainda fotometrar um ambiente. Quebra um "galhão". Rs
      Obrigada, minha linda, pela sua participação, viu???

      Beijinhos e volte sempre!

      Excluir